sexta-feira, 17 de abril de 2009

Passo a citar (IV)

Na «tauromaquia, aquilo que se acusa de 'barbárie' não é mais do que a representação directa e material de categorias simbólicas, como a violência e a morte, que todas as culturas tratam de uma ou outra maneira. (...) Que não é, apenas, uma excrescência do passado, embora tenha tantos anos como a pintura e a música e mais do que o teatro, prova-o o facto de continuar em plena transformação.»

Luís Capucha (Sociologia-Problemas e Práticas, nº 8, 1990)