quinta-feira, 29 de julho de 2010

Viúva de José Falcão contesta proibição catalã

Rosa Gil é a viúva de José Falcão, matador português mortalmente colhido na Monumental de Barcelona, no Verão de 1974. É também presidente da Plataforma Promoción y Difusión de la Fiesta, uma organização pró-taurina catalã. É nessa qualidade que Rosa Gil se pronuncia contra o golpe proibicionista na Catalunha.

2 comentários:

David Campos disse...

Las declaraciones de esta señora no son del todo acertadas. Parecen más de una antitaurina que de una presidenta de una plataforma en defensa de la fiesta. Dice cosas como; Mejor que se haya acabado así. La fiesta se estaba muriendo en Cataluña. No creo que sea lo más apropiado.

fvcarq disse...

Tendo em conta que esta proibição na catalunha foi apenas por motivos político e de separatismo em relação a madrid. Não percebo o uso desta "mudança" na catalunha. Eles que sejam felizes que mais cedo ou mais tarde vão passar a ser possiveis realização de touradas novamente, proibiram as tourada apenas .... porque não também as largadas, vacadas e outras manifestações? Para mim palhaçada política em que se buscam vítimas e causas fáceis para combater. Façam uma luta séria e deixem-se de mesquinhices destas.